quarta-feira, 8 de fevereiro de 2012

Harley registra lucro acima do esperado nos EUA


Com um resultado acima do esperado, uma vez que a economia norte-americana passa por um período de “vacas magras”, a Harley-Davidson divulgou hoje, o balanço do último trimestre de 2011 que resultou em uma alta de 12% nas vendas. A centenária marca norte-americana registrou lucro líquido de US$ 105,7 milhões. Já as ações da Harley subiram 17% em 2011.

A receita proveniente das vendas de motocicletas (à vista e financiadas), acessórios e souvernirs, cresceu para US$ 1,03 bilhão, ficando bem acima dos US$ 917,1 milhões arrecadados em 2010.

A edição comemorativa dos 10 anos da V-Rod será um dos lançamentos da Harley no Brasil

Essa recuperação da Harley-Davidson está diretamente ligada com a reestruturação que foi feita nos processos de fabricação, além de lançamentos de motos mais acessíveis, voltada para um público mais jovem.

No Brasil, a subsidiária da marca também teve um bom desempenho. Em 2011 foram emplacadas 4.322 motos Harleys. A marca norte-americana ficou na 12ª colocação das montadoras que operam no Brasil e, entre as marcas Premium, ficou atrás da BMW (9ª posição, com 5.553 motos licenciadas). Entretanto, a HD ficou à frente de marcas como a Ducati, que ocupou a 18ª posição, com apenas 688 unidades vendidas.
Teste realizado pela INFOMOTO nos EUA com a recém chegada Switchback, da família Dyna

A tradicional marca promete para o Brasil vários lançamentos em todas as suas linhas. Receberão novidades as famílias Sportster (1200 Custom), Dyna (Switchback e Fat Bob), Softail (Blackline), Touring (Street Glide e Electra Glide Ultra Limited 2012), a edição comemorativa de 10º aniversário da V-Rod e a grande novidade: o modelo CVO Ultra Classic Electra Glide – preparado pelo departamento de customização da Harley-Davidson nos EUA.

“A Harley-Davidson está em expansão no Brasil. O ano de 2011 foi de muito trabalho para montarmos uma estrutura comercial que atenda bem ao nosso público. A decisão de expandirmos a linha de produtos foi um passo fundamental para tornarmos esta nova estrutura ainda mais competitiva e continuarmos oferecendo uma experiência Premium completa aos nossos clientes”, afirma Longino Morawski, diretor-superintendente da Harley-Davidson do Brasil.